Dia do Pastor
























COMEMORADO AOS 16 DE JUNHO

João, apresenta-nos as características daquele que pode ser considerado como bom pastor:É quem abre a porta: abrir a porta é sinal de liberdade, de saída, de viver a aventura. A voz é conhecida: a voz do pastor é inconfundível. O tom de voz, os pequenos “tiques”, entoações, fazem a diferença. Quando se ouve a voz, o coração já pula, como a querer sair do peito. Chama pelo nome: para o pastor, as ovelhas não são todas iguais. 

LEMBRANCINHA PARA O DIA DAS MÃES...em E.V.A.

 
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.591776280975579.1073742266.130698200416725&type=3
(CLIQUE AQUI DICAS PARA LEMBRANCINHAS )





















































COMO SURGIU O DIA DAS MÃES.....

A história da criação do Dia das Mães começa nos Estados Unidos, em maio de 1905, em uma pequena cidade do Estado da Virgínia Ocidental. Foi lá que a filha de pastores Anna Jarvis e algumas amigas começaram um movimento para instituir um dia em que todas as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães.

A idéia era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais. Para Anna, a data tinha um significado mais especial: homenagear a própria mãe, Ann Marie Reeves Jarvis, falecida naquele mesmo ano. Ann Marie tinha almejado um feriado especial para honrar as mães.
Durante três anos seguidos, Anna lutou para que fosse criado o Dia das Mães. A primeira celebração oficial aconteceu somente em 26 de abril de 1910, quando o governador de Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Rapidamente, outros estados norte-americanos aderiram à comemoração. Em 1914, a celebração foi unificada nos Estados Unidos, sendo comemorado sempre no segundo domingo de maio. Em pouco tempo, mais de 40 países adotaram a data.
O primeiro Dia das Mães brasileiro foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918. Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou o feriado.
Mas Anna não foi a primeira a sugerir a criação do Dia das Mães. Antes dela, em 1872, a escritora Julia Ward Howe chegou a organizar em Boston um encontro de mães dedicado à paz.


À Você Mulher
No dia em que Deus criou as mães (e já vinha virando dia e noite ha seis dias), um anjo apareceu-lhe e disse:
Por que esta criação está lhe deixando tão inquieto senhor?
E o Senhor Deus respondeu-lhe:
Você já leu as especificações desta encomenda?
Ela tem que ser totalmente lavável, mas não pode ser de plástico.
Deve ter 180 partes moveis e substituíveis, funcionar a base de café, e sobras de comida.
Ter um colo macio que sirva de travesseiro para as crianças.
Um beijo que tenha o dom de curar qualquer coisa, desde um ferimento até as dores de uma paixão, e ainda ter seis pares de mãos.
O anjo balançou lentamente a cabeça e disse-lhe:
Seis pares de mãos Senhor? Parece impossível ?
Mas o problema não é esse, falou o Senhor Deus e os três pares de olhos que essa criatura tem que ter?
O anjo, num sobressalto, perguntou-lhe:
E tem isso no modelo padrão?
O Senhor Deus assentiu:
Um par de olhos para ver através de portas fechadas, para quando se perguntar o que as crianças estão fazendo lá dentro (embora ela já saiba); outro par na parte posterior da cabeça, para ver o que não deveria, mas precisa saber, e naturalmente os olhos normais, capazes de consolar uma criança em prantos, dizendo-lhe: Eu te compreendo e te amo! sem dizer uma palavra.
E o anjo mais uma vez comenta-lhe:
Senhor...já é hora de dormir. Amanhã é outro dia.
Mas o Senhor Deus explicou-lhe:
Não posso, já esta quase pronta. Já tenho um modelo que se cura sozinho quando adoece, que consegue alimentar uma família de seis pessoas com meio quilo de carne moída e consegue convencer uma criança de 9 anos a tomar banho...
O anjo rodeou vagarosamente o modelo e falou:
É muito delicada, Senhor!...
Mas o Senhor Deus disse entusiasmado:
Mas é muito resistente! Você não imagina o que esta pessoa pode fazer ou suportar!
O anjo, analisando melhor a criação, observa:
Ha um vazamento ali Senhor...
Não é um simples vazamento, é uma lagrima! E esta serve para expressar alegrias, tristezas, dores, solidão, orgulho e outros sentimentos.
Vós sois um gênio, Senhor! disse o anjo entusiasmado com a criação. (Beiijoos Tia Kátia)



A verdadeira Páscoa

HISTORIA & RECURSO VISUAL








ATIVIDADES PARA APLICAR 





PEÇA DE TEATRO 



APLICAÇÃO: Levar a criança a compreender o verdadeiro sentido da Páscoa.
TRILHA SONORA: Músicas cantadas pelo coral infantil durante a apresentação teatral
PERSONAGENS: Liliano e Mariazinha

LILIANO – Oi Mariazinha! Tudo Bem?
MARIAZINHA – Oi Liliano! Tudo bem!
LILIANO – A Páscoa está chegando!
MARIAZINHA – É verdade!
LILIANO – Não vejo a hora! Eu quero ganhar do coelhinho da páscoa, muitos, muuuuiiitos ovos!
MARIAZINHA – O que?
LILIANO – O coelhinho da páscoa vai trazer pra mim muitos ovos de chocolate!
MARIAZINHA – Quem foi que falou que o coelhinho vai dar alguma coisa pra você, Liliano?
LILIANO – Ora, todo mundo! Aparecem na televisão comerciais de deliciosos ovos, coelhinhos lindinhos... E na escola eu fiz uma máscara de coelhinho, quer ver? (sai de cena)
MARIAZINHA – Hein? Volte aqui! Mas que coisa... Será que ele não conhece o verdadeiro sentido da Páscoa?
LILIANO – Olha Mariazinha, não fiquei lindo de coelhinho? Eu até aprendi a cantar uma musiquinha, quer ouvir?
MARIAZINHA – Claro, por que não?!
LILIANO –     “Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim?
                       Um ovo, dois ovos, três ovos assim!
                      Um ovo, dois ovos, três ovos assim!”              
MARIAZINHA – Posso também cantar uma música pra você?
LILIANO – Pode sim, eu adoro músicas de páscoa!
MARIAZINHA –

1. NÃO FOI O COELHINHO

Não foi o coelhinho que morreu na cruz
Quem foi crucificado foi o meu Jesus
Na sexta ele morreu, mas morto não ficou
Domingo de manhã ele ressuscitou
A Páscoa comemora a ressurreição
Mas muita gente nem se lembra disso não
Existe muita gente que não dá valor
                                      Ao grande sacrifício do meu Salvador

LILIANO – Então páscoa não são chocolates, doces e coelhinhos?
MARIAZINHA – Não, Liliano. Muitas pessoas pelo mundo afora comemoram a páscoa assim: repleta de alterações em relação ao sentido original. A verdadeira Páscoa comemora a ressurreição de Jesus Cristo!
LILIANO – Conte mais sobre Jesus!
MARIAZINHA – Jesus Cristo é o Filho de Deus. Ele nos ama muito e veio ao mundo para salvar todos nós da perdição, do pecado, da morte!
LILIANO – Puxa vida! Mas como Ele nos salvou?
MARIAZINHA – Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo a Bíblia.
LILIANO – Morreu? A... Que pena... Alguém que me mama muito morreu e eu nem o conheci...
MARIAZINHA – Mas Cristo não está mais morto!
LILIANO - Não?
MARIAZINHA –
2. CRISTO JÁ RESSUSCITOU

Cristo já ressuscitou, aleluia
Sobre a morte triunfou, aleluia
Tudo consumado está, aleluia
Salvação de graça dá, aleluia
Uma vez Jesus sofreu, aleluia
Uma vez por nós morreu, aleluia
Mas agora vivo está, aleluia
Para sempre reinará, aleluia


LILIANO – Se Cristo voltou a viver, onde ele está?
MARIAZINHA – Jesus habita nos corações daqueles que e o amam e o aceitam. Você quer que Jesus habite em seu coração?
LILIANO – Sim, e quero aprender mais e mais sobre Jesus!
MARIAZINHA – Bom, você já aprendeu que Jesus Cristo é a verdeira Páscoa!
LILIANO – Aprendi!
3. JESUS CRISTO É A NOSSA PÁSCOA

Muitos dizem que a Páscoa é uma festa especial
Só porque tem chocolates, coelhinhos, coisa e tal
Outros dizem que na Páscoa a gente deve se abster
De alegrias e de festas, coisas que nos dão prazer

Eu queria saber quem foi que complicou
O simples evangelho do nosso Salvador
Nós estávamos perdidos como ovelhas sem pastor
Mas Jesus lá na cruz nos resgatou


Jesus Cristo é a nossa Páscoa, o seu nome louvai
A passagem verdadeira, o caminho para o Pai
Ele deu a sua vida e ressuscitou
E agora somos para o seu louvor
 LILIANO – Estou muito feliz por conhecer a Jesus e quero a cada dia aprender mais e mais sobre ele. Conte para mim como tudo aconteceu na Páscoa, no tempo de Jesus.
MARIAZINHA –
4. PÁSCOA PARA MIM
A páscoa para mim é festa e alegria
É mais doce que o doce, quem diria
Não acaba no final do dia
É real, não é fantasia
A páscoa para mim é festa e alegria
É mais doce que o doce, quem diria
A Páscoa para mim é real, não é fantasia

Quando Jesus Cristo deu a sua vida lá na cruz
O seu sangue inocente ele derramou
Mas na madrugada do terceiro dia
A morte foi vencida para a nossa alegria
Jesus Cristo Senhor ressuscitou

Cantarei, celebrarei minha passagem das trevas para luz
Cantarei, celebrarei, a ve
rdadeira páscoa é Jesus
 LILIANO – Agora compreendo o verdadeiro sentido da Páscoa! Hei? Já estou bolando uma música aqui na minha cabeça...
MARIAZINHA – Bolando o quê?
LILIANO – Vamos cantar! Vamos cantar!
5. PÁSCOA

Páscoa! Páscoa! P-A-S-C-O-A
Páscoa! Páscoa! P-A-S-C-O-A
Páscoa! Páscoa! P-A-S-C-O-A
Páscoa! Páscoa! P-A-S-C-O-A
P de passagem
A de amor
S de Senhor e Salvador
C de Cristo, caminho para o céu
O de orientador
A de alegria, amizade e amor
 Quando Jesus Cristo a vida entregou
A minha páscoa bem mais doce se tornou
Morreu na cruz, foi assim que me salvou
Mas no terceiro dia ressuscitou
 MARIAZINHA – Liliano, saiba que alegria, amor e vida eterna quem dá é só Jesus. As outras coisas são passageiras. Quando você ganha um ovo de chocolate, você fica feliz, não é?
LILIANO – É claro, eu adoro ovos de Pás... É, quero dizer, de chocolates!
MARIAZINHA – Sim, eu também gosto de comer chocolate, mas ele dura pra sempre?
LILIANO – Não, um dia ele acaba.
MARIAZINHA – Pois, é, o amor de Deus por nós é infinito, nunca acaba, ele nunca se esquece de nós!
6. SÓ JESUS


Só Jesus pode dar vida eterna
Só Jesus pode dar salvação
Só Jesus pode dar esperança
Para um triste e ferido coração

Dele vem a minha paz e a minha alegria
Ele é a minha páscoa que eu celebro a cada dia
O senhor é o meu pastor, nada há de me faltar
E pra sempre em sua casa vou morar
 LILIANO – Mariazinha, eu nunca mais poderei comer ovos de chocolate?
MARIAZINHA – Claro que pode comer Liliano! Você só não pode se esquecer do verdadeiro sentido da Páscoa!
7. PÁSCOA
Por que somos crianças alguns pensam talvez
Que não entendemos de assuntos tão reais
Nós sabemos, porém Jesus que Jesus veio aqui
E por nós lá na cruz, triste morte sofreu

Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Não é somente coelhos e ovinhos de chocolate
Bom é lembrar que o bom Jesus
Deus a vida por amor

Nós sabemos que o mundo comemora a Páscoa
De maneira agradável para nós crianças
Mas existe algo mais, meu querido Jesus
Veio ao mundo e morreu triste morte na cruz

Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Não é somente coelhos e ovinhos de chocolate
Bom é lembrar que o bom Jesus
Deus a vida por amor

Mas numa linda manhã Cristo então ressurgiu
E pro céu com o Pai foi pra sempre morar

Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Páscoa! Páscoa! O que isso simboliza pra você?
Não é somente coelhos e ovinhos de chocolate
Bom é lembrar que o bom Jesus
Deus a vida por amor por amor a você
Páscoa! Ó Páscoa!
Simboliza liberdade pra você?
Páscoa! Ó Páscoa!
Simboliza liberdade pra você?

LILIANO – Mariazinha, muito obrigado por me ensinar que Jesus Cristo é a minha Páscoa!
MARIAZINHA – De nada Liliano.
LILIANO – Agora eu vou contar tudo o que aprendi para os meus pais. Quero que eles também conheçam a Jesus e que Ele é o verdadeiro Senhor da Páscoa! (saem)


Fim





LEMBRANCINHAS PARA OS PARTICIPANTES


Agradecer

Agradecer


Lembremos sempre de agradecer por tudo, somos pessoas privilegiadas, moramos em lugares privilegiados, longe das intempéries do tempo, das catástrofes da natureza, estamos nos melhores lugares, na melhor região do país, longe da fome e da dor.
Após tudo o que estamos vendo no Haiti,Tragédias, Desastres, Ataques Terroristas, pessoas que para sobreviver comem barro... gente, pelo amor de Deus, reclamar do quê?